Lei Orgânica
 
 
Organograma
A estrutura orgânica da DGO, de acordo com a Lei Orgânica/2012 [Decreto-Lei n.º 191/2012, de 23 de agosto], com a Portaria n.º 432-C/2012, de 31 de dezembro (definição da estrutura nuclear da DGO) e com o Despacho n.º 2386/2013, de 05 de janeiro (definição e implementação da estrutura flexível da DGO e ordenamento das suas seis delegações),  encontra-se esquematizada no Organograma seguinte.
Integram a DGO nove Serviços Centrais que executam e apoiam as suas principais actividades e seis Serviços Delegados, aos quais cabe representar a Direção-Geral junto dos diversos Ministérios, bem como prestar apoio na área orçamental aos serviços dos respectivos Ministérios, estabelecendo a ligação entre estes e o Ministério das Finanças.
 
[Organograma funcional da DGO, 2015. Ver em tamanho maior.]​​​​